top of page
Adilson Zotovici.png

AOS GAUCHOS JÁ !!! E o sofrimento avança ! Cada oriente, cidade, Ao rico, ao pobre, alcança... Crescente calamidade Inda que n’ELE a Esperança Rogam solidariedade De cada patrício pujança Profício à coletividade Gesto à bem aventurança De amor, de igualdade Do Livre pedreiro aliança No obreiro a liberdade Com sua ajuda a mudança Aos gaúchos...fraternidade ! Adilson Zotovici

A CORDA Circundando o templo Sagrado Qual dito adereço perfeito Intuitivo significado Por algum rito e endereço aceito Corda branca, sisal trançado Equidistantes nós de efeito Com quarenta de cada lado Borlas e nó central bem feito À quarta potência elevado O Três, de excelência o conceito, O Oitenta e um açulado Comunhão de ideias o preito Outrora a espaço demarcado Fraterna união...o preceito ! Adilson Zotovici AMVBL

C O E X I S T Ê N C I A Acima de Augusta Potência Sereníssima organização, A quem se deve obediência, Há algo à veneração E que há em decorrência Destarte, a primeira lição De paz, da coexistência, E duma sincera união Que não há interferência E muito menos divisão Vez que igualdade a essência, E fraternidade a razão Canteiros com una tendência Além de raça, credo, paixão... Caminham iguais com diligência Em busca da perfeição Inda que houver preferência Dum Rito, local, ocasião, Com universal abrangência Nivela a cada irmão Faz reconhecer por evidência Não por cargo ou posição O obreiro que referência Livre pedreiro por sua ação Fácil ver, com transparência, De quem se faz alusão : A Arte Real por excelência... Nossa Sublime Instituição ! Adilson Zotovici ARLS Chequer Nassif-169

Para mais informações sobre o livro, por favor, clique na imagem ou no título  

bottom of page