top of page

Significado da palavra AMEN

Updated: Jun 16


O ensino da Torah e dos demais livros que compõe a Tanach


A palavra AMÉN deriva da frase em hebraico "El Melech Ne'eman" ("Deus, Rei Fiel"), que pode ser identificada no Livro de Deuteronômio (Debarin), especificamente capítulo 7, verso 9. Essa passagem diz:


Saibam, portanto, que o Senhor, seu Deus, é o Deus, o Deus fiel, que mantém a aliança e a benignidade com aqueles que o amam e guardam os seus mandamentos por mil gerações”.


Em hebraico, a parte relevante da passagem é:

" יְהוָה אֱלֹהֶיך ָ הוּא הָאֱלֹהִים הָאֵל הַנֶּאֱמָן "

Dividindo:


  • הָאֵל (HaEl) = O Deus

  • הַנֶּאֱמָן ( HaNe'eman ) = O Fiel


Estas palavras podem ser consideradas como correspondendo às letras do que compõe a palavra AMEN:


  • א (Aleph) de "El" (Deus)

  • מ (Mem) de "Melech" (Rei)

  • נ (Num) de "Ne'eman" (Fiel)


Assim, a sigla AMEN está embutida na idéia transmitida nesta passagem, enfatizando a fidelidade e a soberania de Deus.


Desse modo, o conceito de “AMEN” na tradição judaica é diferente da frase "então seja" (no inglês, so be it).


  • A palavra hebraica “Amen” ( אָמֵן ) é freqüentemente usada no final das orações e significa “que assim seja”, “verdadeiramente” ou “em verdade”.

  • Significa afirmação, acordo e confirmação.

  • Na liturgia judaica, AMEN é frequentemente entendido como um acrônimo para "El Melech Ne'eman " ("Deus, Rei Fiel"), sublinhando uma declaração de fé e confiança na verdade e fidelidade de Deus.


QUE ASSIM SEJA (no inglês, so mote it be)


  • Esta frase é comumente associada à tradição maçônica e a algumas outras tradições rituais.

  • É usado no final de orações ou declarações e significa “assim pode ser” ou “que assim seja”.

  • A frase expressa uma forte afirmação e uma esperança ou desejo de que o que foi afirmado aconteça.


Embora tanto "Amén" quanto o "que assim seja" sejam usados para significar acordo e afirmação no final de declarações ou orações, "Amén" carrega conotações teológicas específicas dentro do contexto da fé e prática judaica, enfatizando particularmente a crença na fidelidade de Deus. Em contraste, o “que assim seja” é mais comumente encontrado no contexto de certas tradições fraternas ou rituais e não carrega as mesmas implicações teológicas.


Os Salmos de David e o AMEN


A palavra “Amén” aparece em vários Salmos do Tanach. Aqui estão algumas referências específicas:


  1. Salmo 41:14 (41:13 nas Bíblias cristãs): Hebraico: בָּרוּךְ יְהוָה אֱלֹהֵי יִשְׂרָאֵל מֵעֹולָם וְעַד־עֹולָם אָמֵן וְאָמֵן׃ Tradução: "Bendito seja o Senhor, o Deus de Israel, de eternidade a eternidade. Amén e amén."

  2. Salmo 72:19 : Hebraico: וּבָרוּךְ שֵׁם כְּבוֹדוֹ לְעוֹלָם וּמָלֵא כְבוֹדוֹ אֶת־כָּל־הָא ָרֶץ אָמֵן וְאָמֵן׃ Tradução: "E bendito seja o Seu glorioso nome para sempre; e que toda a terra se encha da Sua glória. Amén e Amén."

  3. Salmo 89:53 (89:52 nas Bíblias cristãs): Hebraico: בָּרוּךְ יְהוָה לְעוֹלָם אָמֵן וְאָמֵן׃ Tradução: "Bendito seja o Senhor para sempre. Amén e amén."

  4. Salmo 106:48 : Hebraico: בָּרוּךְ יְהוָה אֱלֹהֵי יִשְׂרָאֵל מִן־הָעוֹלָם וְעַד הָעוֹלָם וְאָמַר כָּל־הָעָם אָמֵן הַלְלוּיָהּ׃

Tradução: "Bendito seja o Senhor, o Deus de Israel, de eternidade a eternidade. E diga todo o povo: Amén. Louvado seja o Senhor."


Nessas passagens, “Amén” é usado para expressar forte afirmação e concordância, muitas vezes concluindo doxologias e louvores a Deus.


Passagens do B'rit Hadashah (Novo Testamento), onde o AMÉN é mencionado neste mesmo significado teológico judaico.


No B'rit Hadashah (Novo Testamento), a palavra “Amén” é frequentemente usada com o mesmo significado teológico que na tradição judaica, significando afirmação, acordo e verdade. Importante lembrar que os autores dos livros que compõem o Novo Testamento eram judeus, mas escreveram os referidos livros em grego. Exceção para o livro de Mateus, escrito em hebraico.


Logo, os referidos escritos produzidos por autores que refetiam a cultura judaica e não a grega não alteraram a sua cultura original pelo simples fato de utilizarem o grego, uma lingua que era muito utilizada no mundo da época de Jesus.


Exemplificando, um escritor brasileiro utilizando o idioma ingles para descrever a cultura religiosa brasileira, não iria descrever a cultura religiosa anglo-saxônica ao invés da brasileira pelo simples fato de utilizar o idioma ingles.


Seguem alguns exemplos da aplicação do "Amén" no Novo testamento:


  1. Mateus 6:13 (Oração do Pai Nosso): "E não nos deixes cair em tentação, mas livra-nos do mal. Porque teu é o reino, e o poder, e a glória, para sempre . Amén." Este uso de “Amén” conclui uma oração, ecoando a prática judaica de encerrar as orações com uma forte afirmação.

  2. Romanos 1:25 : "Quem mudou a verdade de Deus em mentira, e adorou e serviu mais à criatura do que ao Criador, que é bendito para sempre. Amén." Aqui, “Amén” é usado para afirmar uma doxologia, semelhante ao seu uso nos Salmos.

  3. 1 Coríntios 14:16 : "Do contrário, quando você abençoar com o espírito, como aquele que ocupa o lugar dos iletrados dirá Amém em sua ação de graças, visto que ele não entende o que você diz?" Esta passagem destaca a prática de dizer “Amén” em resposta a bênçãos e orações, enfatizando o acordo e a compreensão comunitária.

  4. 2 Coríntios 1:20 : "Pois todas as promessas de Deus nele são sim, e nele Amén, para a glória de Deus por nós." Este versículo usa “Amén” para expressar a certeza e afirmação das promessas de Deus.

  5. Efésios 3:21 : "A ele seja a glória na igreja por Cristo Jesus, em todos os tempos, no mundo sem fim. Amén." Outro exemplo de doxologia terminando com “Amén”.

  6. Apocalipse 1:7 : "Eis que ele vem com as nuvens; e todo olho o verá, até mesmo aqueles que o traspassaram; e todas as famílias da terra lamentarão por causa dele. Mesmo assim, Amén." “Amén” aqui serve para afirmar a verdade e a certeza da visão profética.

  7. Apocalipse 22:20-21 : "Aquele que testifica estas coisas diz: Certamente venho sem demora. Amém. Mesmo assim, vem, Senhor Jesus. A graça de nosso Senhor Jesus Cristo seja com todos vós. Amén."

Os versículos finais do Novo Testamento terminam com “Amén”, significando afirmação e um desejo fervoroso pelo retorno de Cristo.


Nestes exemplos, "Amén" mantém o seu significado teológico judaico tradicional de expressar verdade, certeza e acordo, demonstrando continuidade entre as práticas judaicas e cristãs primitivas.


Amém ou Amén?


Amém com M tem o mesmo valor numérico 81 que correponde às palavras: calamidade, ídolo, deus falso, dor, Edom e iniquidade.


Amén com N tem o valor numérico 91. É o acrônimo da frase "El Melech Ne'eman" que significa "O Eterno é Rei Fiel" ou " D'us é Rei Fiel".


Da próxima vez que você quiser desejar uma bênção à alguém escreva e pronuncie essa palavra da forma correta:


Amén!


Sejamos Luz para o mundo!


 

Kleber Siqueira

27 de maio de 2024

33 views0 comments

Comments


bottom of page